Thursday, September 07, 2006

Frases Soltas...


Compreender e estudar a nossa terra desperta em nós incontáveis sentidos e sentimentos. Aqui destaco duas frases soltas, de dois poetas portugueses, em nada relacionados com a arqueologia, mas que tão bem descrevem aquilo que sentimos ao percorrer as nossas paisagens antigas.


"(...) O seu olhar, na impossibilidade de ir mais longe, irá cada vez mais fundo, e o que lhe sai das mãos é o fruto de uma paisagem enxuta, hirta, de uma magreza quase reduzida ao osso. Uma paisagem essencial, de que um homem pode orgulhar-se, quando lhe reflecte o rosto ou a alma. (...)".

Eugénio de Andrade, Alentejo.

"(...) O que procura o viajante ao percorrer a sua pátria? O lugar do seu nascimento ou do seu fim? Talvez procure o seu destino. Talvez o seu destino seja procurar. (...)".

Octávio Paz, Itenerário.

No comments: