Posts

Showing posts from March, 2007

Publicações

Image
Editado em 2006, o livro Arte paleolítico al aire libre. El yacimiento rupestre de Siega Verde, Salamanca apresenta "la completa investigación de uno de los yacimientos de arte rupestre prehistóricos más novedosos del Valle del Duero"
Autores: J. Javier González e R. de Balbín Behrmann
Edição: Junta de Castilla y León

Megalitismo alentejano contemporâneo

Image
S. Cristóvão (Montemor-o-Novo), na saída para o Calcanhar do Mundo.

Belas Artes e megalitismo

Image
Visita de alunos da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa ao recinto dos Almendres e à Anta Grande do Zambujeiro.

Megalitismo alentejano contemporâneo

Image
Nos arredores de Évora (área do Bacelo), um portão de quinta megalítico.

Publicações

Image
Editado em 2007, o livro Recuperación Patrimonial de Arte Prehistórico: los abrigos de El Buraco y La Grajera, Santiago de Alcántara (Cáceres) apresenta "el proceso de recuperación de unos yacimientos injustamente ignorados".

Autores: F. Carrera; P. Bueno; R. Barroso; R. de Balbín

Edição: Ayuntamiento Santiago de Alcántara

A memória do megalitismo alentejano

Image
Imagens inéditas, dos anos setenta, com o recinto das Fontaínhas (C. Marciano da Silva).
Confrontem-se com os resultados da escavação em Fontainhas 2005 (Semana 2).

Archaeoastronomy

Image

Regresso aos Almendres

Image
Evidências da erosão em torno dos menires




Menir 56

O eclipse total de ontem foi um pretexto para regressar hoje aos Almendres.


As limpezas da vegetação, nos arredores do recinto, criaram condições razoáveis de visibilidade do solo, em termos de prospecção arqueológica. Numa revisão rápida, foram identificados vestígios pré-históricos, no topo do cabeço (fragmento de mó manual, percutores, núcleo e lasca de sílex e fragmentos de cerâmica).

Novos achados avulsos (pedra polida, sílex e cerâmica) num raio 700 m, para Sul-Sudeste.

Uma observação atenta de alguns menires gravados, com boas condições de luz, permitiu verificar, com clareza, que as faces decoradas que alguns autores acharam que tinham sido artificialmente aplanadas, são efectivamentornoe faces naturais. Esse aspecto é particularmente visível no menir 56, em que as gravuras apresentam uma litologia diferenciada do campo rebaixado.

Já agora, um apelo à boa vontade das instituições responsáveis: a erosão do solo nos Almendres, como re…

Passeios de Primavera

Image
Entre os Almendres e o menir de Vale de Cardos.
Marciano da Silva explicou alguns aspectos básicos da arqueoastronomia dos Almendres (e muito mais) perante uma audiência atenta, num ambiente altamente sugestivo.
Pôr do Sol, Lua-Cheia, eclipse total.
Fenómenos astronómicos de primeira grandeza, com os Almendres em pano de fundo. Évora e o Alto de S. Bento, no horizonte nascente. Lá mais ao longe, Evoramonte.
Pela noite dentro, os mitos gregos e outros, os anéis de Saturno, nebulosas: astros e pedras.
A Elisa Hoffmann cantou música celta, logo que a sombra da terra ofuscou totalmente o disco lunar.
Mais um passeio da Marca, com a marca da Catarina Oliveira.

Passeios de Primavera

Image
Passeios da Primavera 2007



Astronomia e civilizações antigas. Percurso no céu em noite de eclipse
Com o físico Marciano da Silva
3 de Março

Plantas medicinais e aromáticas
Com o mestre José Salgueiro, ervanário e poeta popular
14 de Abril

Sonoridades do campo. Para crianças, pais e avós
Com o músico Bruno Cintra
12 de Maio

Arquitecturas da água. Poços, cisternas, aquedutos, tanques e hortos no Convento do Bom Jesus da Mitra
Com o engenheiro José Manuel Mascarenhas
2 de Junho

Mistérios nocturnos do montado. Sombras, sons e cheiros
Com o zoólogo António Mira e a botânica Paula Simões
23 de Junho

Na paisagem o homem observa a passagem cíclica do tempo. Os campos verdes, vermelhos, amarelos e roxos, assinalam na Primavera o despertar da natureza, o início de um novo ciclo de renovação.
Os Passeios da Primavera propõem este ano a descoberta dos elementos essenciais que constituem o mundo: o céu, a terra, o ar e a água. No céu procuramos os astros, antigos mitos e as leis que regem o tempo. Na terra as erva…

Megalitismo alentejano contemporâneo

Image
Very like a menhir...

Marco geodésico antigo, de alvenaria, que teimou em parecer um menir até chegarmos junto dele... Nos arredores de Évora.

Ex ocidente lux

Image
Rock art in North America